Quinta-feira, 14 de Junho de 2007

O S. João de Sobrado é uma festa masculina, não há dúvidas quanto a isso. De mourisqueiros só vão homens, e de bugio embora algumas mulheres enverguem a farda ( principalmente depois do 25 de abril), nenhuma jamais ocupou lugar de destaque.

Bem, nenhuma nenhuma, não é bem assim, porque segundo se diz ( um bocado em segredo)  já houve uma mulher que num dia 24 de Junho comandou as tropas cristãs vestida de velho da bugiada.

A "personagem" era uma filha de um conceituado velho da bugiada, que como sobradense que se preze tinha uma incondicional paixão pela festa. E dançava bem ao que parece ( sim porque para se ir de velho é preciso saber dançar - Bem de preferência).

Tinha era um desgosto, o de nunca poder ir de velho da bugiada. O pai, sabedor, satisfez-lhe o desejo, em ano que foi de velho, na dança em casa do velho, trocaram papeis.

O pai saiu de manhã cedo apenas de calças brancas e uma camisola a cumprimentar as tropas ( de modo a que ninguém suspeita-se do engodo), entrou para supostamente se vestir, mas não se vestiu. A filha vestiu então a roupa do pai, e saiu mascarada, realizou a dança com especial primor e dançou ( segundo dizem) como nunca antes ninguém viu. Coisa bonita de se ver, dizia-se. Só deram pela tramoia quando apareceu o pai à janela a rir-se da cena...

Matou-se a assim negra à rapariga e ficou a estória de uma dança dançada não por um velho mas sim por uma velha da bugiada. E Esta hein!?

 

 


sinto-me: a contar um semi segredo
música: rabecas e violinos

publicado por estoriasdaminhaterra às 15:10
O blogue estoriasdaminhaterra recolhe estórias da tradição oral sobradense bem como factos da vida comum de uma pequena vila dos arredores do Porto...
Junho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
16

17
20
21
22
23

24
25
26
30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO