Terça-feira, 12 de Junho de 2007

A estória de hoje tem algumas semelhanças com uma outra que contei há tempos.Mais uma vez a paixão incondicional dos sobradenses pela bugiada.

A esposa de um bugio ( dos doentes) havia falecido uma semana antes do s. João. Fez-se o enterro e deu-se inicio ao luto. Mas o dia de s. joão aproximava-se e o bicinho da paixão começou a mexer no viuvo.

Dia de S. João. Pela freguesia ouvem-se os foguetes e os guizos dos bugios que rumam a casa o velho. O viuvo começa a impacientar-se ao ouvir e ver os seus camaradas passarem. Vem à janela, uma, duas, três vezes, os vizinhos estão a topá-lo ( conhecedores da sua paixão pela bugiada)... Que diacho... Como haveria de resistir à paixão!?

Esperou até meio da manhã, não aguentou mais. Vestiu a farda, a careta e o chapeú, olhou-se ao espelho e dirigiu-se a uma porta traseira. Sorreiteiramente tentou esgueirar-se sem que os vizinhos o vissem. Sem resultado. Quando estava quase " safo", um vizinho mais atento espeta-lhe a pergunta " Então fulano já vais!?".

Como uma criança apanhada a roubar, o bugio vira-se e em jeito matreiro responde:

- Já ela já 'tá p'ra(1) lá à oito dias, agora vou p'ra lá também! seguindo caminho para matar a negra(2).

 

 

(1) O já estar para lá refere-se ao cemitério da vila( onde a mulher estava enterrada), que fica no centro e junto ao local onde se desenvolve a festa, obviamente o bugio nao ia para o cemitério mas sim para a festa ( lugar de Campelo).

 

(2) Matar a negra, não, não é uma expressão racista, matar a negra significa matar a paixão, a paixão é negra , a paixão é muita. È uma expressão muito utilizada em Sobrado, normalamente ligada á festa de S. João.

 


sinto-me: humor negro
música: Musica da paixão - banda de campo

publicado por estoriasdaminhaterra às 12:24
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O blogue estoriasdaminhaterra recolhe estórias da tradição oral sobradense bem como factos da vida comum de uma pequena vila dos arredores do Porto...
Junho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
16

17
20
21
22
23

24
25
26
30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO