Segunda-feira, 09 de Julho de 2007

As tertúlias familiares são sempre boas fontes de estórias. Como bons portugueses que somos a " coisa" começa sempre á mesa entre garfadas e boas gargalhadas. Falasse de tudo mas o rumo da conversa é sempre o mesmo, os costumes, as estórias e as aventuras sobradenses. O meu avô gere a conversa e vai abrindo o seu album de memórias enquanto os ouvintes o ouvem atentos e se riem das suas rocambolescas estórias.

São estes encontros familiares e a minha curiosidade que vão dando " combustivel " ao blogue, que o meu avô carinhosamente chama " as nossas estórias lá da intranet" e que também vai alimentando semanalmente.

Hoje a estória não fala de aventuras mas sim de hábitos rurais, retrata uma sociedade antiga e os seus costumes, que emtretanto se vão perdendo nos caminhos da história.

Conta o meu avô, a propósito dos incêndios, que antigamente os montes não estavam assim cheios de mato. Quem não tinha terras, tratava de se levantar cedinho e ir ao monte ( nem sempre perto) ao mato para o gado, os montes estavam sempre limpos pelo que arranjar mato não era uma tarefa fácil.

Dizia ele que, não raras vezes se levantava ( garoto ainda) com o pai, de madrugada para ir ao mato. Saiam ainda noite escura, com uma ténue candeia a alumiar o carreiro. Chegados ao local, noite escura ainda muitas das vezes, tratavam de fazer uma fogueira e esperar que amanhecesse para começar a trabalhar.

Se fosse hoje, rematava ele tinhamos cometido não sei quantos crimes, mas antigamente a regra era essa, pouca fartura na panela e muito trabalhinho no lombo.

 

 


sinto-me: o tempo que passa

publicado por estoriasdaminhaterra às 10:24
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O blogue estoriasdaminhaterra recolhe estórias da tradição oral sobradense bem como factos da vida comum de uma pequena vila dos arredores do Porto...
Julho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
14

15
16
19
21

22
23
25
28

29
30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO