Segunda-feira, 06 de Agosto de 2007

Como já devem ter percebido Sobrado é terra de "bons garfos", as estórias   á volta das tainadas  parecem não ter fim, assim, l à continuo a minha " saga entre pratos" deixando mais uma estória para abrir o apetite.

Em tempos havia um sobradense que não andava lá muito católico das entranhas. Umas dores de barriga que " ai Jesus", não havia homem que aguentasse. Assim, e em desespero de causa, mete o sobradense pés ao caminho a ter com o Sr. Doutor. Muito embora antes, se imperasse a necessidade de forrar o estômago com alguma substância, que isto de médicos , nunca se sabe quanto tempo demora. P á ra assim num dos tascos sobradenses  e vendo uma luzente travessa de iscas de fígado, não se faz rogado, chama o " patrão" e encomenda a merendita. Coisa pouca, a travessa de iscas (toda), uma infusa ( caneca)de vinho e uma sêmea ...

Acabado o lanche, retoma o caminho até ao médico. Chegado ao " consultório" e observado pelo médico que lhe apalpou a barriga na procura de algo " suspeito", sentencia , por fim o médico, perante a cara atónita do sobradense : " Homem isso para mim é fígado !".

Não admira que depois o sobradense gabasse o competente médico que só a apertar-lhe a barriga logo viu que " era fígado "... (1)

 

(1)Obviamente a conclusão do médico não era que o sobradense tinha comido fígado, mas sim, que as dores de que se queixava eram provocadas pelo fígado.


sinto-me: eheheheh
música: Ai eu não sei o que me aconteceu, foi o figado ...

publicado por estoriasdaminhaterra às 16:20
O blogue estoriasdaminhaterra recolhe estórias da tradição oral sobradense bem como factos da vida comum de uma pequena vila dos arredores do Porto...
Agosto 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
14
15
16
17
18

19
20
21
22
25

26
30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO