Segunda-feira, 15 de Outubro de 2007

 

Sobrado não tem escapado à onda de assaltos que assola o país, muito embora até num assunto tão grave como este ainda teime em manter a sua individualidade, recusando-se a essa globalização que arranca caixas multibanco, anda aos tiros e assalta joalharias. Sobrado tem os seus ladrões, mas à moda antiga ( por enquanto, e da minha parte que assim continue).

Assim se roubaram umas galinhas na aldeia de Ferreira. Tarde da noite uma vizinha acordou com o cão a ladrar. O ladrar do cão dizia que andava alguém no terreno do vizinho. A mulher veio à janela e viu no negro da noite um " fox " que se mexia e que procurava qualquer coisa. a mulher, corajosa abriu a janela e advertiu o ladrão que ia chamar o dono (!?). O certo é que não chamou e ao outro dia lá faltavam 2 galinhas e 3 garnizas .

O dono, que desconfiou de quem seria o ladrão, foi cortar erva ( para disfarçar) num terreno perto da casa do noctivago . Enquanto cortava a erva mirava a casa, tentando descortinar o galinheiro. Descoberto o galinheiro dá de caras com duas garbosas galinhas ( as suas) e o "dono" das mesmas. Não se dá por achado. Gaba os animais ao recente dono. Que teria um almoço no domingo e a galinha vinha mesmo a calhar, se a vendia.

- Vendo, são umas galinhas que é uma categoria, quinze euros é o preço! remata o recente dono.

O suposto comprador alega que iria terminar de cortar a erva e que no entretanto se decidia. Acabou por decidir chamar a polícia, que provados os factos ordenou que fossem devolvidas ao verdadeiro dono, já que as garnizas como por magia se haviam esfumado na noite...

 

 

 


tags:
música: Ficheiros Secretos
sinto-me: camuflada

publicado por estoriasdaminhaterra às 16:34
Imagino que as ditas garnizas (que eu não sei o que é mas imagino que seja algum tipo de galinha) já devia estar na barriguita de quem as palmou ao dono. A fomeca secalhar era muita, coitado do senhor... :-)
daplanicie a 15 de Outubro de 2007 às 17:44

Olá, de facto foi uma falha da minha parte, as garnizas são " primas das galinhas", são galinhas mais pequeninas e que têm um cacarejar mais agudo que as suas primas...
Que o ladrão teria fome não duvido, caso contrário como se explicaria esse desparecimento eheheh

Na minha terra essas têm o simpático nome de "cocós". Se alguma vez ouvires alguém dizer que tem cocós já sabes o que é. LOL
daplanicie a 16 de Outubro de 2007 às 12:36

Eehehhe esse de simpático tem pouco mas pronto, já chegou para me rir a imaginar a cena.

O blogue estoriasdaminhaterra recolhe estórias da tradição oral sobradense bem como factos da vida comum de uma pequena vila dos arredores do Porto...
Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
19
20

21
23
25
27

28
29
30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO