Sexta-feira, 26 de Outubro de 2007

As fraternas relações entre Sobrado e Gandra continuam a dar que falar. Já contei umas poucas estórias sobre estas relações raianas ( entre concelhos), mas quanto mais rebusco na arca das memórias mais estórias me aparecem.

A estória de hoje relata a primeira visita de um gandarense ao mar. Apesar de ambas as freguesias se encontrarem perto do mar, aquela expressão do " nunca vi o mar" ainda persistiu até bem pouco tempo.

Indo sobradenses e gandarenses numa excursão ( não sei onde) o autocarro toma o rumo da praia. O intuito era almoçarem e seguirem viagem, deliciados com a vista e com o almoço.

Chegados à praia, começaram a sair os passageiros do autocarro, contemplando com maior ou menor entusiasmo a vista. Mas, um dos gandarenses que a maior quantidade de água que teria visto até à data seria a Pesqueira do rio Ferreira, em Sobrado, ficou extasiado. Um dos sobradenses apercebendo-se da admiração do gandarense , chega-se perto dele e pergunta-lhe:

- Então Manel que tal?

- Eh pah isto é tanta auga que dava para regar Moreiró todo ( um lugar da freguesia de Gandra) e ainda um bocadico  de Sobrado...

Risota geral.


música: O mar enrola na areia
sinto-me:

publicado por estoriasdaminhaterra às 14:59
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O blogue estoriasdaminhaterra recolhe estórias da tradição oral sobradense bem como factos da vida comum de uma pequena vila dos arredores do Porto...
Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
19
20

21
23
25
27

28
29
30
31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO