Segunda-feira, 13 de Dezembro de 2010

 

  

Há tempos dei por mim a pensar que talvez fosse boa ideia terminar o blogue e dar por encerrada a minha aventura blogueira e o meu sonho de transcrever para o ecrã do computador algumas das estórias e estorietas da tradição oral sobradense e das aventuras quotidianas destas gentes. Mas, estando , quase como o Camões com o manuscrito na mão,não para o salvar mas para me livrar dele eis que surge mais uma estória digna de figurar nesta recolha.

A estória de hoje, verídica, porque conheço os intervenientes, relata mais uma vez, e de uma maneira muito particular, a diferença, até anatómica entre um sobradense e outro comum mortal.

Sendo uma das intervenientes mãe de duas crianças gémeas, e falando acerca da sua gravidez, remata a senhora sem mais nem porquê com a seguinte explicação para a diferença de tamanho e robustez física entre as duas crianças:

- É que sabe eu já estava grávida de três meses quando fiquei grávida do segundo, por isso é que eles têm esta diferença entre eles... um nasceu com nove e outro com seis meses.

 


tags:

publicado por estoriasdaminhaterra às 23:26
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O blogue estoriasdaminhaterra recolhe estórias da tradição oral sobradense bem como factos da vida comum de uma pequena vila dos arredores do Porto...
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO