Segunda-feira, 07 de Maio de 2007

Esta vem a propósito da morte e da resistência à sua indesejada chegada.

Não sei bem porquê mas o meu avô costumava ser chamado aquando a hora de alguém estava prestes a chegar, para lhe dar algum reconforto enquanto não chegava o padre, julgo eu.

Ora de uma das vezes que foi chamado, a enferma era uma velhinha , daquelas que tão enrrugadas se tornam bonitas, e que tinha um especial carinho pela água ardente ( bagaço).

Quando com genica era usual ver-se a velhinha a "botar" uma traçada da bebida, estalar a lingua e dizer:

- Não sei como há homes que gostam disto!

Mas voltando ao leito, e estando a velhinha em clara aflição, o meu avô procurando conforta-la e acomodá-la, pergunta-lhe se quer um pouco de água. Ao que ela responde, depois de arregalar bem os olhos e de os fixar nos do meu avô, " ardenteeee".



publicado por estoriasdaminhaterra às 09:41
Bom dia.

Parabéns pelo Blog, tem um merecido destaque (aqui: http://blogs.sapo.pt/destaques.bml). Aparece também na Homepage do SAPO, na área de comunidade.

Boa continuação :)
JoanaTorrado a 7 de Maio de 2007 às 10:48

Achei piada a esta estória porque na minha terra se conta uma quase igual só que o protagonista é um velhote que gostava bastante da pinga. :-)
daplanicie a 7 de Maio de 2007 às 10:50

Já agora gostava de saber onde fica o Sobrado. Obrigada
daplanicie a 7 de Maio de 2007 às 10:51

olá cara daplanicie, fiquei duplamente feliz ( porque vejo que há alguem que lê o blogue! e porque foi destacado - nem sei bem porquê!?). Enfim! Sobrado é uma vila pitoresca do concelho de Valongo - Porto. Quanto ao facto de se contar uma estória similar na sua terra ( qual é já agora), é natural, porque são estórias de tradição oral, que como tal passam de boca em boca, e vão sendo mais ou mens reboscadas ao gosto do contador.
Obrigada pelo comentário e, boas leituras!

Aqui vai uma adivinha: A minha santa terrinha fica no distrito de Portalegre e costuma ser associada ao D.António, prior. Qual é terra qual é ela... :-)

Ola daplanicie, não era muito dificil descobrir com tantos dados facultados. Obviamente que é o Crato, associa-se D. António ao crato precisamente por aí ter sido Prior. Infelizmente e por ora, sobrado ainda não tem nenhuma personagem associada que seja estudada em manuais escolares. Mas ainda não perdi as esperanças...

antes demais keria dar os meus mais sinceros parabens a minha kerida e adorada prima favorita pelo excelente blog.......é interessante recordar alguns momentos de familia ou outras historias que por vezes nos sao contados pelo nosso avô ou pela nossa familia,,,,,,de realçar tambem os aspectos que a fabia refere sobre sobrado.....

desejando continuaçao de excelente trabalho.......



um grande bem haja
vitor a 8 de Maio de 2007 às 14:14

Obrigada pelo comentário! Mas não só estórias contadas pelo avô ou pela nossa familia, são estórias da terra, e algumas o avô nem conhecia. Em todo caso o avô tem sido alvo das minhas "inquiriçoes", e de certa forma um participante indirecto do blogue.
O bem haja é portanto para o avô, que guardou e recontou as estórias tantas vezes até que as conhecessemos de cor e salteado.

O blogue estoriasdaminhaterra recolhe estórias da tradição oral sobradense bem como factos da vida comum de uma pequena vila dos arredores do Porto...
Maio 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
19

20
26

27


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO